Home > Saúde > Joanete: causas, sintomas e tratamentos

Joanete: causas, sintomas e tratamentos

joaneteO joanete é uma deformidade que causa a mudança de ângulo do osso do dedão do pé, que passa a apontar em direção ao segundo dedo do pé. Esta deformidade acaba gerando a formação de uma bolsa com líquido na articulação do dedão, causando assim um processo inflamatório, conhecido como um calo no dedão do pé.

Seu nome científico é hallux valgus, que vem do latim e significa grande artelho que desvia para fora, uma referência ao desvio no dedão que acaba formando um arco nos pés.

O que causa o joanete

Uma das principais causas do desenvolvimento do joanete é o uso de calçados de forma inadequada, como os sapatos de bico fico apertados, ou mesmo os sapatos de salto alto por um tempo bem prolongado, que acabam direcionando todo o peso do corpo para as laterais dos pés, ao invés do dedão.

Com isso uma pressão vai se formando no local, gerando assim o aparecimento do calo, e consequentemente o desvio do osso do dedão do pé.

Outro fator são as anormalidades ósseas, que favorecem o aparecimento do joanete. E vale ressaltar também que o joanete é uma anomalia mais comum nas mulheres, e podem até serem passados entre as gerações.

pé com joanete

Sintomas do joanete

Existem alguns sintomas característicos do joanete, dentre eles:

• Pele avermelhada e com calosidade na extremidade;
• Dores nas juntas, que pioram conforme o tipo de calçado utilizado;
• Formação de uma calosidade dura no local;
• Inclinação do dedão do pé em direção aos outros dedos.

joanete 1

Como tratar o joanete

Assim que aparecem os sintomas do joanete, é recomendado procurar um médico, que irá solicitar um exame simples de raios-x para detectar o grau de desvio do dedão do pé, e até mesmo uma artrite. Apesar de que de acordo com o grau de evolução do joanete, um exame visual já vai demonstrar ao médico a presença do joanete.

Depois de diagnosticado, o tratamento pode ser feito com o uso de sapatos mais confortáveis, que vão aliviar a pressão na lateral do pé, evitando assim o desenvolvimento do joanete.

O uso de palmilhas próprias ou almofadinhas de feltro para proteger o joanete podem ser recomendados, bem como separadores para uso noturno, que ajudam a separar o dedão do pé do segundo dedo, facilitando assim a correção do desvio.

Já para os casos mais graves, aonde o joanete causa muita dor e deformidade no local, a cirurgia pode ser indicada para correção do problema, e ajuda a reduzir a dor na grande maioria dos casos apresentados.

E vale ressaltar que o joanete costuma aparecer com mais frequência em adolescentes do que em adultos. Isto acontece porque adolescentes costumam ter atividades mais intensas, e não se preocupam tanto em trocar os sapatos, enquanto os adultos tem uma preocupação maior na troca do calçado apertado, evitando assim a formação do joanete.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*