Home > Notícias > Calendário Eleições 2014 com datas definidas

Calendário Eleições 2014 com datas definidas

Eleições 2014O Brasil é um país com regime democrático eleitoral, e com isso a cada 4 anos temos que ir as urnas para escolha de candidatos como o prefeito, governador, senador e presidente da república, dentre outros, que terão a missão de comandar o país de acordo com suas leis vigentes.

Estas eleições são divididas em períodos que acontecem a cada dois anos, que separam candidatos em grupos, e que desta forma não causam um tumulto eleitoral enorme, principalmente pelo número de cargos que temos que votar durante este período.

Dia da votação eleitoral de 2014

E no dia 5 de outubro de 2014 os brasileiros deverão ir às urnas para votação, que, dentre outros candidatos, irá eleger o Presidente da República que comandará o país a partir de 2015.

A votação será realizada das 8h às 17h (horário de Brasília), e neste ano será caracterizada pelo apoio da população ao segundo mandado da atual presidenta Dilma Rousseff, ou pela escolha de um novo governante para nosso país. Já o segundo turno das eleições, caso haja, será realizado no dia 26 de outubro, 8h às 17h (horário de Brasília).

Eleições 2014 1

Quais cargos devem ser votados nesta eleição

Além de elegermos o futuro Presidente da República nas eleições de 2014, teremos que votar em outros cargos importantes que vão contribuir para o fortalecimento da democracia brasileira. São eles:

• Governadores;
• Deputados Estaduais;
• Deputados Distritais;
• Deputados Federais;
• Senadores.

Quem deve votar nas eleições de 2014

O voto é obrigatório para quem possui entre 18 e 70 anos, e é alfabetizado. Quem possui mais de 70 anos, ou é analfabeto não tem obrigatoriedade em votar.

Já quem esta na faixa entre os 16 aos 18 anos não é obrigado a votar, mas se quiser pode exercer seu direito democrático nas urnas, desde que já tenha em mãos seu título eleitoral.

Vale lembrar que o não comparecimento as urnas, ou a justificativa de impossibilidade de votação, podem acarretar prejuízos futuros ao eleitor, como pagamento de multas, impossibilidade de abrir conta em bancos e também da abertura de crediários.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*