Home > Economia > Como Usar O Cartão de Crédito Sem Se Individar

Como Usar O Cartão de Crédito Sem Se Individar

cartão de crédito usar sem individar

O Cartão de Crédito é de grande ajuda no orçamento da casa, mas tem que saber como usá-lo. O comércio é um dos campos que mais cresce em todo o mundo. Seja por internet ou indo diretamente às lojas, sempre precisamos comprar uma roupa nova, um sapato da moda, um livro de estudos, uma nova máquina de lavar…consumir é preciso! Ok. Até aí tudo bem. O problema é que grande maioria das pessoas têm o péssimo hábito de comprar mais do que pode pagar é aí, que entra o cartão de crédito em ação.

Caso o cartão de crédito seja usado com cautela, será de grande auxílio. Você pode, por exemplo, pagar um valor parcelado e assim, adquirir um bem de melhor qualidade. Além disso, você tem até 40 dias para pagar a compra, consegue usá-lo em compras via internet e ainda efetuar saques. Mas, têm gente que acha que a fatura mensal não vai vir nunca e mete os pés pelas mãos (isso eu conheço bem!). Nesse caso o cartão de crédito vira um grande inimigo do seu orçamento.

Saber usar o Cartão de Crédito

Trouxemos alguns conselhos do economista Samy Dana (professor de finanças da Fundação Getúlio Vargas – FGV) para você ficar esperta e usar o cartão de crédito sem risco de entrar no vermelho.

– Confira se o estabelecimento não cobra um valor mais alto por se tratar de compra com cartão. Se houver cobrança de juros, melhor pagar à vista.

– Procure sempre ter o controle de seus gastos. Embora seja o ideal, muita gente não consegue e aí, as despesas viram uma bola de neve. Consequentemente, dá-lhe dividas!

– Fiquem longe das ofertas: O mercado é especialista em oferecer inúmeras tentações para nos estimular a comprar coisas que muitas vezes são desnecessárias. Se você for do tipo compulsiva, o risco de consumir sem limites é bem maior (fique longe das ofertas). Nesses casos o melhor a fazer é deixar o cartão de crédito em casa.

– Pague sempre sua fatura em dia. “A taxa de juros usada na rolagem de dívidas do cartão de crédito é uma das mais elevadas. Se perceber que não vai conseguir quitar o valor, procure o banco e negocie um empréstimo no montante da dívida. Pague o total da fatura e passe a dever em outra modalidade, que provavelmente cobrará juros mais baixos”, orienta o economista Samy.

– Escolha cartões que não cobrem anuidade no primeiro ano. Ah!, quando a data de renovação estiver próxima, sempre é possível negociar um desconto na taxa.

– Escolha a data de vencimento da fatura próxima ao dia que costuma receber seu salário. Assim, o controle do orçamento fica mais fácil.

– Guarde as notas de todas as compras realizadas com seu cartão de crédito. Dessa forma você vai ter uma idéia do valor que será cobrado em sua fatura mensal. Daí, já dá pra se preparar para pagá-la antes da data de vencimento.

– O limite de crédito não deve ser muito acima de suas possibilidades de pagamento. O orçamento do seu cartão de crédito deve ser feito com base na sua renda mensal. Nada de contar com valores que ainda vai receber, ok?

Por fim, fique atenta e aproveite os benefícios oferecidos pela administradoras de cartão de crédito. Elas sempre oferecem programa variados para atrair os consumidores. Algumas até convertem o valor de suas compras em descontos e milhas para passagens aéreas. Fique ligada!

Obviamente sempre vamos comprar uma coisinha aqui outra ali, fora do necessário, mas, não podemos esquecer que a fatura vêm e se não for paga em dia, o valor pode até dobrar por contas dos juros cobrados. Não esqueçam que você têm um cartão de crédito não um dinheiro mágico. Boas compras!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*